segunda-feira, 16 de julho de 2012

Vem aí: DELENDA, de Amanda Reznor!



Está chegando a 22ª Bienal do Livro de São Paulo, que ocorrerá no espaço Anhembi, próximo à estação de Metrô Tietê-Portuguesa. E além, é claro, de diversas promessas de lançamentos bacanas, será a estreia do primeiro livro solo de Amanda Reznor, no estande da editora Delicatta.

A Bienal ocorrerá de 9 a 19 de agosto, e a autora promete estar lá todos os dias, sendo que dia 12, domingo, no horário das 16h às 17h, será sua mesa oficial de autógrafos. Aos interessados, segue a sinopse desta série que a autora vem criando desde 2003, chamada Vale dos Segredos, mas cujos volumes, embora possa haver mais de um, serão sempre independentes.

=============================================

DELENDA
         Capítulos: 15 - 300 páginas
         Ilustrado? Sim
         Publicação: Bienal do Livro SP 2012
         Autora: Amanda Reznor
         Editora: Literata
         Degustação do Livro: EM BREVE AQUI!

Release: Cláudia Blaise é uma garota quase comum: vive com sua avó em um bairro nobre, sustentada por uma generosa pensão deixada por seu avô. A única coisa que a difere de seus colegas da faculdade é que ela não conhece a mãe, que sumiu após o parto, e o pai, que foi assassinado no mesmo dia em que ela nasceu. No seu décimo oitavo aniversário, porém, uma surpresa está para alterar todo o rumo de sua vida. Mas o que vem disfarçado de um presente tentador pode ser, na verdade, uma cilada de encantos, mistério e morte...

Será que ela descobrirá os importantes enigmas do Vale dos Segredos e, mais importante, saberá como escapar desse terrível labirinto?

=============================================

“passarão a temer as sombras do dia”

    Vale dos Segredos é um lugar. Tão real quanto eu ou você e o que habita o nosso imaginário. E, como todo lugar, preserva as digitais dos séculos que o tempo em vão tenta apagar. Mas elas, como impressões virtuais refletidas num ponto qualquer do universo, perseveram.

     Delenda é uma dessas estórias que rega o Vale. Mas não é única, nem isolada, podendo ser cruzada com volumes futuros, tantos quanto a mente e as mãos ágeis desta autora puderem suportar.

     Viaje em um mundo no qual superstição e ceticismo se encontram, morte e vida dão as mãos, espelho e reflexo dançam. O Vale esconde muitos segredos e você está prestes a desvendar alguns deles, junto à jovem protagonista Cláudia, que estará tão perdida quanto o leitor, num ambiente hostil e entre pessoas estranhas. Suspire, reflita, sofra – ao final de tudo, você verá, a profecia pode se mostrar mais real do que a ficção...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua sugestão, crítica, dúvida ou elogio aqui! =)