quarta-feira, 16 de agosto de 2017

✯ Venha conhecer a Casa do Saber Fantástico - Casafan! ✯

São Paulo já é conhecida por ser um dos maiores polos culturais do Brasil.

Agora, a cidade ganhou um novo espaço para atender o universo dos leitores, escritores, gamers e aficionados geek no geral: é o espaço da Casafan, Casa do Saber Fantástico!

OS GEEKS GANHARAM UMA NOVA CASA 

O que é o espaço da Casafan
Oferecendo cursos que vão desde o estudo de clássicos como Tolkien até processo de editoração e gamificação, a Casa do Saber Fantástico (Casafan) criou um espaço de conhecimento voltado exclusivamente para o universo geek, com cursos ministrados por profissionais de largo conhecimento acadêmico e mercadológico.

Objetivo da Casafan
O maior objetivo da Casafan é diminuir as fronteiras entre as linguagens artísticas e literárias, sempre buscando a construção das experiências de forma educacional e voltadas para o enriquecimento intelectual dos participantes.

"A Casa do Saber Fantástico é onde o conhecimento geek encontrará respaldo e fomento!"

O “saber fantástico”, neste caso, carrega sentido duplo: primeiramente, deriva dos estudos da ficção fantástica -- que, como recorte literário, constitui-se de estilos como fantasia, horror e ficção científica. A partir dessa concepção, os cursos também contemplarão campos correlatos, como jogos de tabuleiros e eletrônicos, histórias em quadrinhos, entre outros.

Conheça o espaço Casafan!
O espaço da Casa do Saber Fantástico fina na Rua Fradique Coutinho, n. 1139, São Paulo, pertinho do Beco do Batman e de metrôs das linhas verde e amarela (Vila Madalena, Sumaré, Faria Lima e Fradique-Coutinho).

Site e contato:
Faça uma visitinha ao site da Casafan, que está lindo: https://www.casafan.com.br/
Pode tirar dúvidas por e-mail: contato@casafan.com.br
Ou, se preferir, tem também o telefone: (11) 97687-9696

Conheçam e curtam a Página da Casafan no Face:


segunda-feira, 14 de agosto de 2017

☆ Não perca: espaço Indie Game Room no Anime Guarulhos Festival! ☆

Você já ouviu falar do maior evento gratuito de cultura POP da cidade de Guarulhos,

A edição de 2017 estará maior e melhor, agora com 2 dias de muita festa e diversas atrações e novidades !

Dentre elas, o espaço INDIE GAME ROOM, promovido pelo dev Marcos Vinícius. Será uma oportunidade para indies (game devs) de expor seu jogo dentro do Anime Guarulhos Festival (que reúne até 3 mil visitantes por dia!).

Serão aceitos tanto jogos digitais como analógicos (de cartas, tabuleiro etc).

Quando e onde?

O evento ocorrerá nos dias 30 de SETEMBRO e 1 de OUTUBRO (sábado e domingo), e acontecerá no Teatro Adamastor (Av. Monteiro Lobato, 734, Macedo 07112-000 Guarulhos / SP, ao lado da Dutra).

Em linhas gerais, o Anime Festival Guarulhos é um evento que reúne cultura pop, animes, games, cosplay e muitas outras atividades legais. Vale ressaltar que o evento é gratuito e que, no ano passado reuniu aproximadamente 3 mil pessoas em um único dia. Nesse ano, com dois dias, os números prometem aumentar!

E como funcionará o espaço da INDIE GAME ROOM?

Se você possui um jogo e gostaria de expor, divulgar, fazer testes de jogabilidade ou só trocar ideias com mais desenvolvedores, esta sala é para você!

O dev Marcos Vinícius estará organizando a lista de interessados até o dia 15/09, sendo importante passar a ele as informações do jogo e de quanto espaço precisará para expor.

Essa oportunidade não é somente para jogos digitais - caso você tenha jogos de tabuleiro ou algo diferente, também poderá se inscrever.

Aviso importante: O expositor do jogo é responsável por levar seus equipamentos, assim como cabos de energia, mesas e afins. A única concessão é o espaço gratuito.

Informações de contato

Grupo do WhatsApp:
https://chat.whatsapp.com/87n0yGO73by390oGL1T6SR

Número para contato: (11) 97226-9199
Email: nameku@live.com / mvlsilva@htwgames.net

Venha fazer parte desse movimento de Cultura, Arte e Entretenimento para todos!

Acompanhe pelo YouTube para saber mais desta e de outras edições do evento:

quarta-feira, 26 de julho de 2017

★ Você sabe o que é Clash Royale? ★

Se fôssemos traduzir ao pé da letra, Clash Royale, em português, seria "choque real". Mas que jogo é esse que tem conquistado número cada vez maior de fãs e jogadores nacionais, ganhando até evento exclusivo e torneios de competição pela ESL Brasil Premier League, da ESPN?


Na onda dos E-Sports
Bem, você provavelmente já deve ter ouvido falar do termo "e-sport". Ciberesporte, eSports ou esportes eletrônicos são jogos disputados entre times profissionais de um determinado game, podendo ser de diferentes categorias (MOBA, tiro em primeira pessoa, estratégia em tempo real etc). League of Legends (LOL), Counter-Strike (CS) e HearthStone (HS) são exemplos de e-sports (aliás, Clash Royale lembra bastante HearthStone!).

O jogo Clash Royale, em si, é um jogo mobile de estratégia freemium (ou seja, o jogo é gratuito, mas você pode evoluir e adquirir itens adicionais por valores em dinheiro, caso queira) criado pela Supercell em 2016. O jogo combina elementos de defesa de torre, cartas colecionáveis e MOBA (multiplayer online battle arena, ou seja, batalha com múltiplos jogadores em tempo real), alcançando, assim, diferentes estilos de jogadores por aliar competição, interação, estratégia e itens colecionáveis - então cuidado, pois ele pode ser altamente divertido e viciante!

Jogadores Nacionais de Clash Royale
Durante a edição de 2017 do evento Greenk Tech Show, tive o prazer de conhecer e entrevistar vários pro-players de Clash Royale no aquário da Rádio Geek.

Na foto ao lado, da esquerda para a direita, JB Alves, apresentador da Rádio Geek, Pedro Sempu, André Feliputi, Pedro Teixeira, Iago Snew e, ao meio, Bruno Clash.

Conversamos sobre o início da carreira dos meninos, planos para o futuro, como funciona o canal de cada um no YouTube, as principais dificuldades de ser um jogador profissional e os trabalhos desenvolvidos em equipe. Confira, abaixo, algumas informações para você saber quem são os jogadores nacionais de Clash Royale que nos representam! 


╔════════════════════════════════════════════╗

André Feliputi - Decow do Canal
Instagram: @andrefeliputi
Facebook: @DecowdoCanal
╚═════════════════╝

╔════════════════════════════════════════════╗

Bruno Clash - Bruno Clash
Instagram: @brunoclash
╚═════════════════╝

╔════════════════════════════════════════════╗

Gustavo - Gustovow
Instagram: @gust_real
Facebook: @canalgustovow
╚═════════════════╝

╔════════════════════════════════════════════╗

Iago Snew - News Royale
Instagram: @iagosnew
Facebook: @royalenews1
╚═════════════════╝

╔════════════════════════════════════════════╗

Pedro Bastos - Sempu Clash
Instagram: @pedrosempu
Facebook: @sempuclash
╚═════════════════╝

╔════════════════════════════════════════════╗

Pedro Teixeira - Future Clash
Instagram: @future_clash
Facebook: @futureclash
╚═════════════════╝

A TURMA TODA NO EVENTO DO GREENK:

Fique ligado!
Em agosto de 2017, dia 26/08, teremos um evento de Clash Royale, o Youtuber Fest Brasil - Edição Clash Royale, organizado pela Well Produções e Vlogosfera, que reunirá diversos youtubers e pro-players do jogo. Garanta o seu ingresso antes que esgote - já está no segundo lote!

Para adquirir os ingressos, CLIQUE AQUI.

Links que podem te interessar:

CLASH ROYALE WIKI - esta é uma comunidade em que você encontrará fóruns, cartas, combinações, decks, gameplays e outras interações bacanas entre os jogadores de Clash Royale.

CLASH ROYALE DICAS - site nacional de dicas e novidades sobre Clash Royale.

domingo, 23 de julho de 2017

☆O que é Realidade Virtual (VR) e como funciona?☆

Entenda o que é, os diferentes sistemas e por que essa tecnologia tende a mudar o mundo
o que é realidade virtual como funciona realidade virtual
░░░░ ░░░░▀█▄▀▄▀██████░▀█▄▀▄▀████▀ 
░░░ ░░░░░░░▀█▄█▄███▀░░░▀██▄█▄█▀
realidade virtual como funciona tudo sobre realidade virtual
ARTIGO CRIADO PARA A UPDATE OR DIE
─═☆☆═─
realidade virtual oculos realidade virtual jogos
Explicando o conceito de VR

Você com certeza já deve ter ouvido falar do termo “realidade virtual”. Mas você sabe exatamente do que se trata, e como pode ser útil?
realidade virtual como funciona tudo sobre realidade virtual
Para entender melhor esse conceito de VR (virtual reality - realidade virtual), vamos começar a explicar o que representa o termo, em si, para depois entrar na tecnologia que faz uso da realidade virtual.


Biocca e Levy são dois pesquisadores da área que usam, para definir realidade virtual, a noção de  interface de comunicação, que seria o uso de uma mídia física, códigos de comunicação ou informação associados a um dispositivo sensível, um sensor. Em outras palavras, um computador, que usa a tela para comunicar uma informação, é considerado como uma interface de comunicação e, dentro desse conceito, as tecnologias envolvendo realidade virtual podem tomar muitas formas, sendo que diferentes combinações podem criar variados níveis de experiência sensorial - envolvendo tablets, smartphones e demais dispositivos que tenham essa função de comunicar a informação ao usuário. O termo realidade virtual, entretanto, tem sido usado atualmente para designar um tipo mais específico de tecnologia, em seu nível mais sensorial-imersivo - os sistemas altamente imersivos, geralmente associados a um simulador gerado por computação.
realidade virtual videos realidade virtual ps4 entenda tudo sobre virtual reality jogos de VR
Antes de chegar aos dias atuais, vamos ver de onde surgiu o termo que gerou a sigla VR - virtual reality. Na década de 80, Jaron Lanier citou pela primeira vez o termo realidade virtual, diferenciando as simulações tradicionais feitas por computador  (que já existiam desde a década de 50) desse novo modelo, que seriam simulações envolvendo múltiplos usuários em um ambiente compartilhado. Um simples sistema simulador, desse modo, não é suficiente para ser considerado um sistema de realidade virtual altamente imersivo.
realidade virtual como funciona tudo sobre realidade virtual VR
Já em relação à experiência do usuário, William Bricken definiu que "a psicologia é a física da realidade virtual", a partir da qual os mundos seriam construídos pelos sentidos e existiriam somente na mente dos usuários, transformando a virtualidade em um canal extensor entre a mente e o corpo. Dentro disso, a tecnologia virtual seria projetada para captar os diversos sentidos dos usuários através de diferentes vias - auditiva, visual, tátil e assim por diante, sendo que quanto maior o número de vias utilizadas, mais imersiva a experiência. Sabendo, assim, que os sistemas de realidade virtual altamente imersivos foram criados para captar totalmente a sua atenção, levando-o literalmente para outro mundo, vamos conhecer as tecnologias que fizeram uso da realidade virtual até chegar à evolução da realidade virtual altamente imersiva!
realidade virtual historia história da realidade virtual VR

Evolução dos sistemas de Realidade Virtual
Listamos, a seguir, a diferença básica entre os sistemas de realidade virtual existentes:


- Sistemas de janelas (window): uma janela é apresentada através de uma tela de computador, levando diretamente a um mundo virtual em 3D. Esse sistema é muito usado em desktops, e pode fazer uso dos óculos 3D para incrementar a experiência (jogos de MMORPG como Minecraft, Final Fantasy XV, Second Life, entre outros).


- Sistemas de espelho (mirror): Os usuários veem a si mesmos projetados em uma tela, movendo-se em um mundo virtual. Equipamento de vídeo é usado para captar o corpo do usuário, e o computador usa essa informação para simular os gráficos em espelho (como o Kinect, aparelho sensor do videogame Xbox).

o que é virtual reality como funciona virtual reality VR
- Sistemas baseados em veículos (vehicle-based): Os usuários entram em uma máquina que simula um veículo, de fato (como carro, avião, moto, nave espacial etc), e operam controles que simulam a movimentação e os acontecimentos dentro do mundo virtual projetado por tela, e a sensação de imersão é normalmente aumentada pela movimentação do veículo-dispositivo (é comum encontrar simuladores desse tipo nos parques de diversões).

entenda tudo sobre virtual reality jogos de VR
- Sistemas de sala ou cabine (cave): usuários entram em uma sala ou ambiente fechado (caixa ou cabine projetadas para a experiência virtual) onde estarão rodeados por telas projetoras que fazem com que você se sinta dentro daquele mundo virtual simulado. Em geral os óculos 3D também podem ser usados para aumentar a imersão espacial (exemplo: em algumas feiras tecnológicas e exposições é comum encontrar esse tipo de sistema - a tendência é que se popularizem cada vez mais).
o que é realidade virtual como funciona realidade virtual virtual reality VR

Agora vamos aos sistemas altamente imersivos de simulação virtual!

- Sistemas de realidade virtual imersiva (VR ou RV): usuários vestem dispositivos que proporcionam experiência total de imersão em um mundo virtual simulado por um computador (óculos de VR como Rift, HTC Vive, Playstation VR, luvas, joysticks etc). Este é um sistema que está sendo bastante explorado na atualidade como tendência, e diversos jogos - dos sérios aos casuais - têm sido projetados em VR.

kinect óculos rift glasses rift htc vive hololens
- Sistemas de Realidade Aumentada (AR): Os usuários colocam um dispositivo visual (óculos, HMD etc) que sobrepõe, no campo de visão, objetos virtuais que aparecem no mundo real dos sentidos (exemplo disso são os óculos Google Glass e aplicativos que simulam a realidade aumentada pela captação da câmera do celular, como no Pokémon GO).
kinect óculos rift glasses rift htc vive hololens

Como podemos observar, o desenvolvimento de sistemas que façam uso da realidade virtual são obrigados a explorar todas as nossas formas de percepção, ou seja, usam imagem, som e sensações físicas que fazem com que você se sinta transportado ao mundo virtual, na tentativa de recriar experiências o mais próximas possível da forma como nos sentimos no mundo real.
kinect óculos rift glasses rift htc vive hololens
Por que a Realidade Virtual é uma tendência?

Os sistemas de VR imersivos abriram caminho para diversas possibilidades de simuladores de treinamento, como no preparo de cirurgiões médicos, treinamento de pilotos e motoristas, soldagem de materiais, estratégia de guerra, artilharia e inúmeras outras áreas profissionais e recreativas, permitindo que os profissionais sejam preparados para enfrentar condições reais sem precisar desperdiçar material ou enfrentar situações de perigo - para as quais, quando houver necessidade real, estarão mais preparados e, portanto, terão menor chance de sofrer acidente.
realidade virtual como funciona tudo sobre realidade virtual VR

Outros dos usos da realidade virtual envolvem auxiliar pessoas a enfrentar situações traumatizantes ou propiciar que viajem por diversos lugares do planeta sem precisar sair do lugar. Além disso, o uso imersivo da realidade virtual na área de filmes e dos games traz um novo tipo de experiência, definitivamente mais marcante e envolvente. O maior problema relacionado ao uso da realidade virtual, atualmente, é o custo de alguns dos dispositivos, porém esses valores cairão conforme os aparelhos de VR forem se popularizando, e a tendência é que, futuramente, a realidade virtual faça parte do nosso cotidiano e seja encarada de forma tão tranquila quanto a vida dentro de um episódio de Black Mirror. Até lá, podemos aproveitar eventos como o Hyper Virtual Reality Festival para conhecer e desfrutar dessa incrível tecnologia!
o que é realidade virtual como funciona realidade virtual virtual reality VR
O Hyper será o primeiro festival brasileiro com foco nas tecnologias de Realidade Virtual que acontecerá na EBAC - Escola Britânica de Artes Criativas, na Vila Madalena, em São Paulo, das 10h às 20h. Você pode adquirir ingressos antecipadamente pela Eventbrite.
entenda tudo sobre virtual reality jogos de VR
Fabio Hofnik é o organizador do HYPER festival, e pensou em criar experiências que popularizem a realidade virtual em seus diversos formatos (filmes, documentários, animações, jogos e experiências diversas em 360 graus e realidade virtual), palestras e workhops com expositores, empresas e experts sobre o assunto. Confira maiores informações e outras atrações desse evento no site HYPER VR Festival 2017 e fique por dentro de toda a programação.
realidade virtual oculos realidade virtual jogos
Alguns dos destaques do festival HYPER Virtual Reality Festival 2017
*Plataforma VR Within, com a exibição da série original The Possible;
*Filme de ficção científica I, Phillip da produtora francesa Okio Studio, dirigido por Pierre Zandrowicz;
*Documentário Step to the Line, do brasileiro Ricardo Laganaro, parte do projeto VR for Good da Oculus/Facebook
*Curta metragem de fantasia Sergeant James, de Alexandre Perez;
*Animações premiadas da iniciativa Google Spotlight Stories;
*Conteúdos da Floreal Films, Baobab Studios, Future Lighthouse e Penrose Studios (todos esses filmes em 360/Realidade ou Virtual/Imersivos).

o que é realidade virtual como funciona realidade virtual virtual reality VR

quarta-feira, 12 de julho de 2017

☆ BIG Festival 2017: Entrevista com Bruno Bisogni da Virtual Light ☆


Durante o evento BIG Festival de 2017, no Centro Cultura de SP, Amanda Reznor, escritora e apresentadora do Criador de Mundos na Rádio Geek, realizou cobertura por meio de entrevistas com os participantes.

Nesta entrevista: Amanda fala com Bruno Bisogni, da equipe Virtual Light, sobre o I Hackathon de Realidade Virtual de São Paulo.


Links:

Para participar dos webinários: https://www.sympla.com.br/cotidiano
Para inscrever-se no Hackathon (até 14/07/17): http://bit.ly/2tOkW1l
Reportagem sobre o Hackathon no Itportal: http://bit.ly/2tUC4EG
.
BIG Festival: https://www.facebook.com/BIGBIGFESTIVAL/
Criador de Mundos: https://www.facebook.com/criadordemundos/
Amanda Reznor: https://www.facebook.com/writer.amandareznor/
.
Transcrição da Entrevista (com legenda em inglês e português no vídeo acima):
.
Amanda: Olá, pessoal, aqui é a Amanda Reznor, do Criador de Mundos, e estou falando diretamente do Big Festival, hoje com o Bruno, Diretor Comercial da Virtual Light, tudo bem, Bruno?
Bruno: Tudo bem, Amanda, tranquilo?
Amanda: Tudo certo! E eu gostaria de saber um pouco mais sobre o que a Virtual Light faz, quais são os projetos de vocês!
Bruno: A Virtual Light, hoje, é uma empresa de modelar realidade virtual, a gente desenvolve experiências inclusivas de imersão em realidade virtual, né, e estamos partindo mais para o foco de arquitetura, modelagem, a parte de departamentos, até a parte de 3D, mas a gente também trabalha com experiências para feiras, até uma coisa mais particular quando o cliente precisa criar uma experiência interativa, inclusiva e imersiva para os clientes.
Amanda: Ah, que bacana! Como eu já te conhecia antes eu já ouvi falar de projetos sociais em que você está envolvido, a empresa também está envolvida nesses projetos, ou seria algo à parte?
Bruno: Não, a empresa hoje está tentando se incluir em alguns projetos sociais, a gente tem algumas ideias, mas ainda nada formalizado; mas a gente quer, sim, partir para uma inclusão mais social, democrática, até porque a realidade virtual tem como princípio lógico a democratização das coisas e a inclusão, então essa imersão que a gente cria dentro desse universo pode muito bem ser para "n-coisas" que podem estar vindo, vou deixar uma "surpresinha" para vocês.
Amanda: Opa! Maravilha! E quais seriam os próximos eventos, o que a gente pode esperar aí pela frente?
Bruno: Olha, mais à frente, dia 28, 29 e 30 de julho, agora, junto à Cotidiano, que é uma aceleradora de Brasília, nós estamos organizando nossa primeira Hackathon de realidade virtual, que será aqui em SP, as inscrições para quem quiser participar, tanto galera de desenvolvimento quanto de modelagem, tudo isso, galerinha de games, até 14 de julho, no site (a gente vai deixar o link). Vamos ter óculos RIFT para vocês desenvolverem, Gear VR, todos os selecionados vão ganhar card board. A gente quer muito fazer isso, queremos que seja um evento muito legal para SP, até porque São Paulo tá precisando entrar no cenário da realidade virtual, tá começando (é aqui que as coisas começam), e eu tenho orgulho em nome da Virtual Light e da Cotidiano, nossa parceira, de estar lançando isso, espero que a galera confira, vamos lá!
Amanda: Olha aí, que bacana! Pessoal, ouvintes, para quem não sabe, Hackathon é como se fosse uma maratona de desenvolvimento, sob determinado tema, nessa caso vai ter uso da realidade virtual, e olha, não se acanhem porque eu também não tenho muita experiência mas vou lá participar, quero ver como é que é, quero entrar nessa onda também e começar a conhecer os projetos novos. Agora e sobre o Big, o que você teria a declarar, Bruno?
Bruno: Eu acho que o Big é um evento muito importante para o mercado de games no Brasil, principalmente para o universo de SP, que é onde estão as maiores escolas, hoje, de desenvolvimento de jogos digitais. Então ter um lugar onde todo mundo possa se mostrar, que possa ser mostrado o cenário independente de desenvolvimento (só tem a crescer o nosso desenvolvimento para a gente sair daquela coisa "Brasil é país que só se faz em casa" e que "a galerinha é tudo amadora"). Vi jogos incríveis e experiências maravilhosas, coisas muito legais. O premiado de ontem (no Big) foi (de um jogo) com realidade virtual, o que que eu vou falar da nossa empresa para medicina? Então acho que vocês têm que vir, conferir, ver, porque é só até sábado, não percam essa oportunidade, não, porque vocês precisam saber o quê que está rolando fora do universo mais fechado de games, para expandir.
Amanda: Verdade, mas na verdade é até domingo, viu? Eu ouvi falar que é sábado e domingo.
Bruno: Bom, você tem muito mais propriedade do que eu (risos)!
Amanda: Não, imagina! So corrigindo para o pessoal que realmente vai até domingo, só que de sábado e domingo só abre a partir da uma da tarde, e fica até dez da noite. Então quem quiser aproveitar, ainda tem hoje e mais dois dias aí, aproveitem, pessoal! Então, finalizando, Bruno, a gente vai deixar os links de vocês, da Virtual Light e do Hackathon, tudo na descrição lá do Criador de Mundos para o pessoal se inscrever, e espero que seja um sucesso!
Bruno: Não, vai ser um sucesso, conto com a inscrição de todos vocês. A gente está fazendo webinários toda quarta-feira, Às 20h, vou deixar o link com a Amanda para vocês se inscreverem no webinário que é sobre Unity, 3D e Realidade Virtual (para quem quer conhecer esse universo e está chegando nesse meio - vale a pena, os meninos são "top" lá, os que estão ensinando, todo mundo tá muito empolgado). Vamos lá, gente!
Amanda: Vamos sim, muito obrigada, Bruno, e vamos aproveitar agora o Big.
Bruno: Sem dúvida, vamos lá dar uma voltinha, Amanda!
Amanda: Vamos lá!

sexta-feira, 7 de julho de 2017

✫ Dois eventos de Realidade Virtual que você não pode perder ✫

Talvez você ainda não esteja familiarizado ou não tenha experimentado, mas com certeza já viu ou já ouviu falar dos óculos de realidade virtual (RV ou VR - virtual reality).
Apesar de estarem se tornando mais populares agora, os simuladores RV (de realidade virtual) foram citados, pela primeira vez, na década de 80 por Jaron Lanier, consistindo em diferenciar simulações tradicionais feitas por computador de simulações envolvendo múltiplos usuários em um ambiente compartilhado (leia mais em http://bit.ly/2tUomSB).
As simulações, em si, não seriam novidade, havendo projetos desde a década de 50 que procuravam simular ambientes reais no treinamento da aeronáutica estadunidense, por exemplo, mas o nível de imersão propiciado pelos atuais dispositivos de RV (Rift, HTC Vive, Playstation VR etc) estão muito além do que era possível alcançar no passado.
Dentro disso, diversos profissionais da área de desenvolvimento e tecnologia estão atentando, no Brasil, para essa tendência, que pode servir tanto ao entretenimento quanto ao treinamento de diversas funções / simulação de situações no mercado de trabalho. Em data próxima, teremos um hackathon de RV (maratona de desenvolvimento voltado para realidade virtual e aumentada) nos dias 28, 29 e 30 de julho, com inscrição gratuita até dia 14 de julho (INSCREVA-SE AQUI) e webinários gratuitos semanais entre 3 e 31 de julho (ACESSO aos WEBINÁRIOS AQUI). Para ler mais sobre este evento, acesse esta reportagem no itportal.
Além disso, no dia 16 de setembro deste ano teremos o HYPER Virtual Reality Festival 2017, o primeiro festival brasileiro com foco nas tecnologias de Realidade Virtual que acontecerá na EBAC - Escola Britânica de Artes Criativas, na Vila Madalena, em São Paulo, das 10h às 20h.
Fabio Hofnik é o organizador do HYPER festival e, embora a autora Amanda Reznor não tenha conseguido entrevistá-lo durante o Big Festival, entrou em contato para conseguir divulgar esse evento tão esperado, cujos ingressos podem ser adquiridos a partir de R$33,00 com antecedência no Evenbrite.
O festival propiciará, é claro, experiências em RV (filmes, documentários, animações, jogos e experiências diversas em 360 graus e realidade virtual), palestras e workhops com expositores, empresas e experts sobre o assunto. Confira maiores informações e outras atrações desse evento no site da HYPER VR Festival 2017 (aliás, que site bonito!).
Destaques do festival HYPER Virtual Reality Festival 2017:
*Plataforma VR Within, com a exibição da série original The Possible;
*Filme de ficção científica I, Phillip da produtora francesa Okio Studio, dirigido por Pierre Zandrowicz;
*Documentário Step to the Line, do brasileiro Ricardo Laganaro, parte do projeto VR for Good da Oculus/Facebook
*Curta metragem de fantasia Sergeant James, de Alexandre Perez;
*Animações premiadas da iniciativa Google Spotlight Stories;
*Conteúdos da Floreal Films, Baobab Studios, Future Lighthouse e Penrose Studios (todos esses filmes em 360/Realidade ou Virtual/Imersivos).

quinta-feira, 6 de julho de 2017

☆ Modelagem do Castelo de OROM - Castelformia ☆

Ƹ̴Ӂ̴Ʒ
Como eu falo na apresentação do livro Delenda & o Vale dos Segredos, ser escritor não é apenas brincar de soltar a imaginação e salientar sua gramática glamourosa pelas páginas - não, não, amigos! É preciso muito mais suor que inspiração, como já dizia nosso amigo Thomas Edison.
Para tanto, o escritor tem que ser também um bom pesquisador, um curioso por natureza que, além da busca pelo conhecimento, pretende  encontrar e desnovelar novos mistérios.
Estudar de tudo um pouco, esse é o resumo.
E, continuando essa ideia, caberá ao escritor exercitar sua alma artística, assim como os atores, que realizam oficinas para testar hipóteses, realidades e situações.
Dentro disso, ao escrever Delenda eu desenhei todo o mapeamento da mansão, e aquilo foi crucial para que eu desenvolvesse boa parte da história.
O mesmo não poderia deixar de acontecer em Castelformia e a Ordem de Omnia, segundo livro solo que pretendo terminar ainda este ano (2017) e que tem, como um dos cenários principais, nada menos que um imenso castelo entremeado de rochas e cascatas (sim, bem parecido com essa imagem aí ao lado).
Ƹ̴Ӂ̴Ʒ

 (acima, mapeamento da mansão. Clique na imagem para ver os detalhes)
Ƹ̴Ӂ̴Ʒ
O vídeo abaixo mostra a modelagem inicial do primeiro andar-base do Castelo de OROM (sigla da Ordem de Omnia), que fica na Ilha de Castelformia. A ilha recebeu esse nome porque o castelo, ao ser construído dentro e em volta da rocha, ficou muito assemelhado a um formigueiro, com 9 níveis de labirintos subterrâneos. Os andares-base ficam no topo da rocha e condensam a maior área livre transitável pelos alunos. Os andares do subsolo são, em sua maioria, de acesso proibido.
Ƹ̴Ӂ̴Ʒ
Com essa modelagem, eu pretendo entender melhor o cenário que apresentarei aos meus queridos leitores. Espero que curtam essa prévia enquanto eu trabalho para terminar essa história caprichada para vocês!
Ƹ̴Ӂ̴Ʒ
rascunho da planta do primeiro andar-base do Castelo de OROM
Ƹ̴Ӂ̴Ʒ
Vídeo com modelagem em andamento: